escuro
Amazon

Alexa: trabalho humano faz a diferença

A Amazon emprega milhares de pessoas em todo o mundo para ajudar a melhorar o assistente digital Alexa, capacitando sua linha de alto-falantes Echo. A equipe ouve gravações de voz capturadas nas residências e escritórios dos proprietários do Echo.

As gravações são transcritas, anotadas e, em seguida, inseridas no software como parte de um esforço para eliminar lacunas na compreensão da fala humana pelo Alexa e ajudá-lo a responder melhor aos comandos.

O processo de análise de voz do Alexa, descrito por sete pessoas que trabalharam no programa, destaca o papel humano frequentemente negligenciado no treinamento de algoritmos de software.

Em materiais de marketing, a Amazon diz que o Alexa “vive na nuvem e está ficando cada vez mais inteligente”. Mas, como muitas ferramentas de software criadas para aprender com a experiência, os humanos estão fazendo parte do ensino.

Veja íntegra da reportagem publicada pela Bloomberg.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share