escuro

Compras por voz: solução ainda pouco explorada

Uma pesquisa da Sumo Heavy, consultoria dos Estados Unidos, sobre comércio por voz revelou que somente 17% dos entrevistados navegaram ou compraram produtos usando um assistente virtual de voz. Entre os que usam a solução regularmente, 42% apontaram que têm comprado por esse meio, o que sinaliza a tendência de crescimento para esse tipo de aplicação para as compras.

Segundo a pesquisa, 46% dos consultados nunca antes tinham utilizado um assistente de voz. A consultoria observa que a tecnologia de assistente de voz ainda é um nicho de mercado relativamente novo, por isso não é surpresa. “O shopping de voz continua sendo um canal inexplorado para a maioria das marcas e varejistas”, ressalta o estudo.

Os produtos para o lar lideram as compras por voz, com 12%, seguido por experiências – ingressos para filmes, voos e hotéis (11%) – e supermercados e entrega de alimentos (11%). Produtos de consumo, como eletrônicos (6%) e roupas (5%) também integram a lista de itens comprados via assistentes de voz.

A pesquisa mostrou ainda que 65% dos entrevistados disseram que nunca ou raramente usam assistentes de voz como Siri, Google Assistente ou Amazon Alexa. Outros 29% informaram que utilizam assistentes de voz regularmente.

“À medida que os assistentes de voz crescem em popularidade, as compras de voz têm o potencial de ser viáveis como oportunidade de negócio para marcas e varejistas de e-commerce”, indicou a pesquisa, que ouviu 1.046 pessoas, no mês de abril.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share