escuro

Buscas por voz crescem nos Estados Unidos

A pesquisa por voz e a sua frequência ganham, cada vez mais, espaço na vida dos consumidores dos Estados Unidos. Um relatório divulgado nesta terça-feira, 9 de julho, revelou que mais de 58% dos adultos americanos online fazem busca usando comandos de voz e 33% utilizam o recurso pelo menos mensalmente, contra 25% em setembro de 2018.

Segundo a pesquisa, 47,2% dos usuários de busca por voz apontaram que esperam aumentar sua frequência no uso do recurso este ano. No caso de quem possui smart speakers, quase 89% dos pesquisados disseram que usam a busca por voz e mais de 61% informaram que pretendem aumenta o uso em 2019.

O relatório traz, por exemplo, dados da eConsultancy, cuja estimativa sugere que mais de 250 bilhões de buscas por voz foram feitas, no ano passado, no mundo inteiro. O número representa 13% de todo o volume dos 2 trilhões de buscas no Google em 2018.

O Google Assistente, aponta o relatório, liderou as buscas por voz, com boa diferença para o desempenho dos assistentes de voz concorrentes Alexa, Bixby e Siri em pesquisas de voz relacionadas a categorias de produtos e marcas. No entanto, ressalta a pesquisa, as informações de marca são amplamente obtidas de terceiros e não delas próprias.

Os dados são do Relatório de SEO do Voice Assistant para Marcas, elaborado pelo Voicebot.ai e a Magic + Co. A pesquisa entrevistou mais de 1.000 adultos americanos, que fizeram mais de quatro mil perguntas aos principais assistentes de voz do mercado, e avaliou recomendações de quase 40 artigos sobre otimização de busca por voz.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share