escuro

Google Assistente e Siri param de ouvir conversas de usuários

A Google e a Apple anunciaram que os processos de escuta de conversas dos usuários por parte do Google Assistente e da Siri estão suspensos. A divulgação de notícias de que os assistentes de voz dessas empresas, além da Alexa, vinham escutando áudios de cunho privado gerou grande polêmica nas últimas semanas.

A suspensão por parte da Google acontecerá nos países que fazem parte da União Europeia, por um prazo de três meses, período em que investigadores alemães estarão trabalhando no caso.

Já a Apple resolveu interromper as escutas em escala global e não especificou um tempo exato para a duração da medida. A companhia disse apenas que realizava o processo com o objetivo de aperfeiçoar sua assistente de voz.

A investigação feita pelo canal belga VRT denunciou que o Google Assistente ouve conversas mesmo sem que o comando “Hey, Google” seja dado. Em sua defesa, a Google segue afirmando que apenas 0,2% dos diálogos são ouvidos e que não associa tais áudios com as contas dos usuários.

As gravações feitas pela Siri também não identificam os usuários, de acordo com a Apple. A reportagem do jornal inglês The Guardian, que denunciou a existência das escutas.

No entanto, o jornal informou que a assistente gravou conversas que envolvem, entre outros assuntos, compra e venda de drogas, interações entre médico e paciente e conteúdo sexual.

As informações são da techcrunch.com e da cnet.com

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
1
Share