Siga-nos

Apple muda política de privacidade da Siri

apple siri

Assistentes de Voz

Apple muda política de privacidade da Siri

Empresa anunciou três mudanças, entre elas a de não mais reter as interações dos usuários

A Apple anunciou quarta-feira, 28 de agosto, três mudanças nas práticas e política de privacidade da Siri. Uma delas que é a empresa não vai mais reter as interações dos usuários com a assistente de voz. O processo de aprendizado da assistente virtual acontecerá pelas transcrições geradas por computador.

Além disso, informou a empresa, os usuários poderão optar por autorizar ou não a Siri a usar amostras das interações de áudio realizadas com ela para o processo de melhoria dos diálogos. Segundo a Apple, no caso de optarem pela autorização, essa opção poderá ser desfeita a qualquer momento.

Apple divulgou ainda que, quando os clientes optarem por não participar, apenas seus funcionários poderão ouvir amostras de áudio das interações com a Siri.

A empresa informou também que vai retomar o programa de classificação da Siri neste Outono (Primavera no Hemisfério Sul), quando as atualizações do software forem lançadas para os usuários. De acordo com a Apple, essa retomada acontecerá somente após implementar as mudanças..

As mudanças anunciadas vieram acompanhada de um pedido formal de desculpas por conta do escândalo provocado pelas escutas das interações com a assistente de voz por parte de funcionários terceirizados contratados pela companhia.

A empresa reforçou que interrompeu as escutas e voltou a afirmar que elas aconteciam em pequena escala e sem identificar os usuários.

Nos últimos meses, informações que as interações dos usuários com os assistentes do Google, da Apple, da Amazon e da Microsoft eram ouvidas por terceiros incomodaram os usuários e geraram algumas sanções às companhias.

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Assistentes de Voz

Topo