Siga-nos

Apple quer que Siri discuta problemas de saúde e traduza discurso em 2021

Assistentes de Voz

Apple quer que Siri discuta problemas de saúde e traduza discurso em 2021

Ex-funcionário revela detalhes sobre a evolução da assistente de voz a jornal inglês

A Apple espera que até 2021 a Siri discuta problemas de saúde e faça tradução de discursos em suas interações com usuários. As informações são do jornal inglês The Guardian. Segundo o jornal, elas foram reveladas por um ex-funcionário da empresa, demitido após as denúncias de violação de privacidade nas escutas da Siri há dois meses.

As novas funcionalidades da Siri estão com lançamento planejado para “até o outono de 2021”. De acordo com o relatório, a Apple está trabalhando em atualizações que permitirão à assistente suportar um novo dispositivo sem nome, “ter uma conversa sobre problemas de saúde” e oferecer funcionalidade de tradução automática integrada.

As revelações sobre o recurso de discussão de saúde sugerem que a Siri pode ser usada para auxiliar contatos com médicos e farmácias e não para dar diagnósticos.

Na parte de tradução automática, a Siri já dá alguma assistência hoje em dia, e o esperado é uma evolução que permita à assistente lidar com conversas mais robustas.

O relatório também observa que a Apple ajustou a maneira de a Siri abordar “tópicos sensíveis”, incluindo o feminismo e o movimento #MeToo, enfatizando que o assistente apoiava a “igualdade” enquanto se esquivava de questões específicas sobre política de gênero.

A Siri agora dirige perguntas sobre feminismo a fontes como a Wikipédia, em vez de oferecer respostas como “Eu simplesmente não entendo toda essa coisa de gênero”.

Até o momento a Apple não emitiu qualquer comentário sobre a reportagem.

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Assistentes de Voz

Topo