escuro
Número de actions

Número de actions no Brasil cresce 4x em 2019

Mercado brasileiro se mostra bem relevante e a expectativa para o ano que vem é incrementar a qualidade e o volume das aplicações de voz

O número de actions do Google Assistente no país cresceu quatro vezes neste ano, o que mostra o grande potencial do mercado brasileiro. Muito mais do que continuar crescendo neste ritmo, o Google busca desenvolver a experiência do usuário com as verticais de conteúdo que desenvolve ou com a soluções criadas por parceiros. Sem precisar o número, Walquiria Saad, head de Parcerias do Google Assistente, conta que já são centenas de actions desenvolvidas para vários segmentos.

“Não adiante crescer, se as pessoas não estiverem usando as actions. A gente acompanha o uso para ver se elas fazem sentido ou não”, explicou Walquiria, acrescentando que o design conversacional é um desafio novo.  A ideia, segundo ela, é buscar sempre a melhoria das actions para garantir uma boa experiência do usuário.

Ela avalia que o crescimento do número de actions do último ano se deve a fatores como os dois anos do Google Assistente no país e a experiência de 20 anos da empresa com o trabalho de pesquisa e buscas, além do trabalho de evolução do assistente de voz. Com isso, diz, é possível ter um volume de dados grande para ser mais assertivo, sempre com a preocupação com a privacidade dos dados das pessoas.

Segundo ela, para a conversa, o primeiro passo é entender o que está sendo dito, além de entender a relação entre os termos, para atender o que o usuário quer. “O Google tem a tecnologia certa para manter a conversa com o usuário”, explicou, acrescentando que a empresa aposta em uma solução de conteúdo híbrida, ou seja, no trabalho com conteúdo próprio para ajudar o usuário a cumprir uma série de rotinas e aquele desenvolvido por parceiros via actions.

“O objetivo é conseguir atender  as necessidades de todo mundo. Por isso, damos essa facilidade de disponibilizar esta tecnologia de forma gratuita e aberta”, destacou Walquiria Saad.

Agora no Brasil, além de acessar actions e cumprir rotinas do dia a dia com o Google Assistente via smartphones, o usuário terá o Google Nest Mini. Como  o dispositivo, por exemplo, será possível ouvir músicas no Spotify, ter as principais notícias do dia de mais de 20 jornais, ouvir histórias infantis e assistir o Netflix.

O dispositivo abre caminho também para o mundo da casa conectada. Neste ambiente, o usuários pode, via Google Assistente, executar rotinas como acender e apagar as luzes da casa e controlar a temperatura do ar-condicionado.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share