Siga-nos

Google, Amazon e Apple se unem pela casa conectada

Casa Conectada

Google, Amazon e Apple se unem pela casa conectada

Empresa se unem para criar o Connected Home over IP, novo padrão de conectividade para soluções voltadas para a casa inteligente

Reunir tecnologias testadas no mercado para desenvolver um novo padrão aberto e inteligente de conectividade doméstica baseado em IP (Internet Protocol). Este é o objetivo do Connected Home over IP, novo grupo de trabalho independente gerenciado pela Zigbee Alliance, que envolve empresas como Google, Amazon, Apple e outros desenvolvedores de soluções.

Com o novo padrão de conectividade, os dispositivos domésticos inteligentes serão compatíveis com várias plataformas, para que o usuário possa escolher entre o Google Assistente, Alexa, Siri ou outras plataformas. O grupo é separado do protocolo Zigbee 3.0 Pro existente.

“O uso do IP pelo Google remonta ao lançamento do Nest Learning Thermostat em 2011. O IP também permite a comunicação de ponta a ponta, privada e segura entre dispositivos inteligentes, aplicativos móveis e serviços em nuvem”, explicou post escrito por Kik Sathe, vice-presidente de Engenharia do Google Nest, e Grant Erickson, engenheiro principal do Google Nest.

Na participação no novo grupo, o Google contribui com duas tecnologias de casa inteligente de código aberto e testadas no mercado, Weave e Thread. As duas soluções se baseiam em IP e foram integradas a milhões de residências em todo o mundo, de acordo com o post.

O Weave, um protocolo de aplicativo, funciona em muitas redes como Thread, Wi-Fi, Bluetooth Low Energy e até celular. O post destaca que mesmo quando os dispositivos estão em redes diferentes, o Weave permite que todos trabalhem com segurança entre si.

“Desenvolvedores e consumidores se beneficiarão desse novo padrão universal de conectividade doméstica inteligente. Para os desenvolvedores, simplifica o desenvolvimento do produto e reduz os custos, oferecendo a eles um padrão para a construção de seus produtos” diz o post.

Segundo o post, com o novo padrão de conectividade, será possível escolher como controlar uma casa, independentemente da tecnologia de casa inteligente que o usuário escolher.

“Estamos entusiasmados em fazer parceria com o setor no próximo estágio de crescimento para os milhares de desenvolvedores de soluções para residências inteligentes em nosso programa “Funciona com o Google Assistente. Este projeto nos aproxima da visão da casa útil que cuida das pessoas dentro dela”, ressalta o post.

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Casa Conectada

Topo