Siga-nos

CES 2020: Google Assistente tem 500 milhões de usuários

Google Assistente na corrida para evoluir sempre

Assistentes de Voz

CES 2020: Google Assistente tem 500 milhões de usuários

Empresa aproveita feira para anunciar novos recursos do assistente de voz, hoje presente em mais de 90 países

Tornar o Google Assistente mais útil e simples de usar. Com este objetivo, o Google está aproveitando a Consumer Electronics Show (CES 2020), em Las Vegas (EUA), para anunciar novos recursos para o seu assistente de voz, que, atualmente, é usado por mais de 500 milhões de pessoas todos os meses a realizar suas tarefas por meio de smart speakers, smart display, carros e televisores, entre outros dispositivos em mais de 90 países .

Uma das novidades é um recurso chamado “ações agendas”, que será lançado ainda este ano, que permitirá ao usuário fazer um melhor controle de seus dispositivos domésticos inteligentes. Com ele, será possível solicitar ao Google Assistente para ativar; desativar ou iniciar; ou parar um dispositivo inteligente compatível na hora de sua escolha.

Você pode dizer: “Ok, Google, execute a cafeteira às 6 da manhã”. E no aplicativo Google Home, é possível controlar mais de 20 novos dispositivos, incluindo unidades de ar condicionado, purificadores de ar, banheiras, cafeteiras, aspiradores, entre outros, tudo em um só lugar.

A empresa também divulgou que será possível encontrar mais dispositivos inteligentes das principais marcas do mercado com o Google Assistente. A lista inclui, por exemplo, August Smart Locks, Philips Hue HDMI Sync Box, roteadores Telus Wi-Fi Hub, lavadora de carga frontal ultrafresh da GE Appliances, chuveiro MOEN, D-Câmera Spotlight Wi-Fi para exterior, Viaroom Smart, Somfy TaHoma Hub, Yeelight Staria lâmpada de cabeceira Pro e abridor de porta da garagem do MerossSmart.

Outra preocupação do Google para este ano, segundo Bronstein, é usar o assistente de voz para ajudar melhor as famílias a se manterem organizadas e conectadas. A solução para isso virá com o recurso “anotações domésticas” que, em breve, permitirá ao usuário criar notas adesivas digitais com o assistente de voz no seu smart display.

Será possível também colocar seus contatos mais importantes na “discagem rápida” com contatos domésticos, para que qualquer pessoa em casa possa fazer chamadas de maneira rápida e fácil nos alto-falantes e nos displays inteligentes.

Tecnologia da fala

O Google quer avançar ainda mais na tecnologia da fala, contou o executivo. A ideia é usar os avanços feitos no entendimento e na fala do idioma para trazer recursos úteis aos telefones. Segundo ele, o Google está visualizando uma nova experiência que permite a leitura natural de conteúdo de formato longo.

“Diferentemente dos leitores de tela tradicionais, essa experiência é baseada em novos conjuntos de dados de voz para criar vozes mais expressivas e naturais, tornando mais fácil ouvir por um período mais longo. Existem várias maneiras possíveis de ajudar, mas uma área que estamos explorando é a leitura de páginas da web com conteúdo longo no seu telefone – como um artigo de notícias, blog ou história curta – em voz alta”, contou Bronstein.

No dispositivo Android, basta dizer “Ok Google, leia-o” ou “Ok Google, leia esta página” quando estiver visualizando um artigo. O conteúdo pode ser traduzido para 42 idiomas, como hindi, alemão ou espanhol (o português também). O Google também procurou incluir recursos de rolagem automática e destaque de texto que ajudam os usuários a ler o texto, enquanto ele é lido em voz alta.

Outra solução é o “modo intérprete”, um recurso de tradução em tempo real para o seu telefone, smart display ou smart speaker, que permite que as pessoas conversem livremente entre si⁠, mesmo que não falem o mesmo idioma. A partir de hoje, empresas de todo o mundo podem incorporar o “modo intérprete” por meio dos parceiros Volara e Sonifi.

“Como parte dessa nova solução, estamos expandindo a tecnologia para novos hotéis, aeroportos, estádios esportivos, organizações que auxiliam nos esforços humanitários e muito mais”, contou o executivo.

O Google também aproveitou a CES para anunciar que está adicionando duas novas actions de voz para que as pessoas controlem facilmente sua privacidade, como “Ok Google, isso não era para você”, que permite que o assistente de voz esqueça o que ouviu, se o comando não for intencional. Você também pode perguntar “Ok Google, você está salvando meus dados de áudio?”.

Incorporado a mais de 1 bilhão de dispositivos, o Google trabalha para ampliar ainda mais o ecossistema de seu assistente de voz. De acordo com Bronstein, em breve, o Google Assistente será incorporado a novos smart displays, smart speakers, fones de ouvido e barras de som da Acer, Aftershokz, Anker Innovations, Belkin, Cleer, Harman Kardon, Konka, JBL, Lenovo, Philips, Seiki e LG.

A televisão é outro dispositivo no foco da expansão da presença do assistente de voz nas casas das pessoas. Para isso, o Google atualizou a Android TV para tornar mais fácil para os fabricantes incorporar microfones remotos em suas TVs – começando com os modelos mais recentes da Hisense e TCL nos EUA. Assim, esses televisores funcionarão como outro alto-falante inteligente habilitado para o Google Assistente.

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Assistentes de Voz

Topo