Siga-nos

Amazon lança recurso para compra por voz na Índia

Amazon lança recurso para compra por voz na Índia

Compras por voz

Amazon lança recurso para compra por voz na Índia

Solução, primeira vez adotada fora dos Estados Unidos, permite fazer compras por voz usando a Alexa

Atrás de alternativas para se relacionar com os clientes em um dos seus principais mercados no exterior, a Amazon anunciou o lançamento, na Índia, de um recurso que permite fazer compras com voz habilitado para Alexa. Segundo a empresa, a solução está disponível principalmente em inglês, mas compreende nomes próprios e palavras regionais em vários idiomas.

“Quando levamos essa funcionalidade aos clientes indianos, criamos funcionalidades personalizadas para atender aos requisitos exclusivos da Índia. Construímos isso mantendo o cliente indiano no centro, otimizando inúmeros sotaques e produtos relevantes para o cliente indiano ”, disse um porta-voz da Amazon ao site TechCrunch, acrescentando que esta é a primeira vez que o recurso é lançado fora dos Estados Unidos.

Com o recurso, os clientes poderão usar a Alexa para pesquisar itens na plataforma de comércio eletrônico da Amazon, adicioná-los ao carrinho e fazer o checkout, apenas tocando no ícone do microfone no aplicativo e dizendo os comandos para comprar um determinado produto.

Depois que o pedido é feito, os usuários também podem verificar o paradeiro do pedido por voz, perguntando “Alexa, onde está minha entrega?”

Apesar de facilitar a vida dos consumidores, a experiência não está despertando tanto interesse nos Estados Unidos, como mostraram um relatório de 2018 e uma análise recente.

Por isso, a Índia, onde a Amazon tem grande presença e já investiu mais de US$ 5,5 bilhões em empresas locais, pode servir de terreno para esta experiência de inovação. Nos últimos anos, os indianos entraram na internet, e muitos deles começaram a usar a voz para se engajar com aplicativos e serviços e fazer pesquisas.

De acordo com o Google, no ano passado, as consultas por voz cresceram 270% ao longo de um ano na Índia.

“Reconhecendo as oportunidades, várias marcas conhecidas adotaram a pesquisa ativada por voz, incluindo aplicativos de compartilhamento de viagens, sites de comércio eletrônico, empresas de telecomunicações e marcas de carros, entre outros”, escreveu em um post no blog.

Fonte: TechCrunch

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Compras por voz

Topo