Siga-nos

Coronavírus: uso de assistentes de voz cresce no Reino Unido

Uso de assistentes de voz cresce no Reino Unido

Assistentes de Voz

Coronavírus: uso de assistentes de voz cresce no Reino Unido

Mais da metade dos donos de assistentes de voz está usando mais a tecnologia por conta do isolamento social, segundo pesquisa

Mais da metade dos proprietários de assistentes de voz no Reino Unido está usando mais a tecnologia por conta do isolamento social provocado pela pandemia do coronavírus. É o que apontou relatório recente da Voxly Digital, agência de tecnologia de voz, que também constatou que 40% dos entrevistados planejam aumentar a utilização dos assistentes de voz, mesmo após o fim das restrições.

Segundo o relatório, um quinto dos usuários de assistentes de voz dobrou o uso da tecnologia. No Reino Unido, um quarto das residências possuem um alto-falante inteligente, além da prevalência de assistentes de voz em dispositivos móveis, tornando a acessibilidade mais fácil.

Para mais da metade dos entrevistados, assistentes de voz como a Alexa e o Google Assistente se tornaram mais parte da família durante o bloqueio. A Alexa é mais amplamente usada que o Google Assistente, exceto no caso de dispositivos móveis.

Segundo a Voxly Digital, dois terços dos usuários estão se divertindo mais com seus assistentes de voz, sob qualquer forma que eles usem. No total, 60% dos usuários de assistentes de voz disseram que a tecnologia está ajudando durante o isolamento.

“Quando o bloqueio no Reino Unido começou – vimos imediatamente um aumento no tráfego para skills Alexa e actions do Google Assistente de terceiros que hospedamos”, contou Ravi Lal, fundador da Voxly. “Estamos otimistas sobre o que esses resultados sugerem para o futuro do uso da voz em geral, mas também dos aplicativos de voz de terceiros”.

A maneira como os assistentes de voz estão ajudando varia bastante. As pessoas estão consumindo muito mais conteúdo de áudio, com o uso diário subindo de 41% para 63% desde o início do isolamento, e o jogo diário com um assistente de voz aumentou para 39%.

Fonte: Voicebot

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Assistentes de Voz

Topo