Siga-nos

Carrefour cria serviço de compras por voz com Google Assistente

Google Assistant Driving Mode começa a chegar ao Android

Compras por voz

Carrefour cria serviço de compras por voz com Google Assistente

Acordo com Google faz parte da estratégia maior de comércio eletrônico da rede varejista, que inclui investir US$ 2,8 bilhões este ano

O Google e o Carrefour lançaram nesta terça-feira, 16 de junho, um serviço de compras por voz. A partir de agora, os clientes da rede francesa de supermercados podem usar o Google Assistente para procurar e fazer compras usando seu perfil pessoal no assistente de voz. As duas empresas começaram a trabalhar juntas em 2018 e a nova experiência de voz é uma extensão desse contrato.

O acordo de compra por voz faz parte da estratégia maior de comércio eletrônico do Carrefour, que inclui investir US$ 2,8 bilhões até o final de 2020. A parceria com o Google ajuda as duas empresas a enfrentarem a rival Amazon, cujo portfólio inclui tecnologia de varejo e voz.

Segundo um estudo da CSA e Hadopi, citado pelo Carrefour, quase metade da França usa assistentes de voz e alto-falantes inteligentes de alguma forma, o que torna a compra por voz uma boa alternativa.

“A parceria com o Google dá ao Carrefour uma vantagem em termos de tecnologia e experiência do cliente”, observou Amélie Oudéa-Castéra, diretora executiva de comércio eletrônico, dados e informações digitais do Carrefour, em um comunidado.

De acordo com ela, o Carrefour é o primeiro varejista do mundo a se integrar à nova experiência de compras de supermercado com base em voz no Google Assistente. “Essa inovação, desenvolvida com o Google, acelerará ainda mais a trajetória do comércio eletrônico no Carrefour”, apontou a executiva.

A compra por voz do Carrefour pode exigir a mudança para um formato mais padrão para ser concluída, mas existe a possibilidade de mudar para um serviço totalmente baseado em voz. O Google começou a testar um programa que usa o Voice Match para permitir que as pessoas comprem usando apenas a voz, e recentemente aprimorou o processo de configuração do Voice Match para torná-lo mais seguro e preciso.

Além disso, o Google acabou de estender o Voice Match para qualquer dispositivo compatível com o Google Assistente, tornando mais fácil para o Carrefour incluir uma experiência de compra puramente em áudio sem limitar os tipos de dispositivos em que operaria.

O negócio pode abrir caminho para tornar a compra por voz mais competitiva, e não só na França. A Amazon lançou opções de compra por voz fora dos Estados Unidos, adicionando o assistente de voz Alexa ao seu aplicativo móvel indiano. Também na Índia, o Walmart, via sua subsidiária Flipkart, criou um assistente de voz para compras de supermercado. A Europa pode ser a próxima para a Amazon e outros varejistas experimentar as compras por voz.

No entanto, existem obstáculos que podem dar ao Google um avanço sólido. A segurança do Voice Match é uma faceta crucial do sistema de compras por voz do Google, não apenas para conformidade com as regras de privacidade do GDPR da Europa, mas para garantir às pessoas que seus dados não serão coletados.

Como pesquisas repetidas mostraram, as preocupações com a privacidade tendem a limitar a disposição das pessoas para fazer compras por voz. Qualquer empresa que tente adicionar a compra por voz como opção terá que lidar com essa relutância.

Fonte: Voicebot.ai

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Compras por voz

Topo