Siga-nos

Futuro da voz é a integração

Smart speakers: uso aumenta com pandemia

Assistentes de Voz

Futuro da voz é a integração

Quem aponta é Joan Bajorek, explicando que ser multimodal significa ter suporte em vários modos e modalidades

O futuro da voz é a integração, com uma abordagem multimodal, na opinião de Joan Palmiter Bajorek, diretora de Pesquisa e Estratégia em Conversação da Versa e CEO e fundadora da Women in Voice. A linguista e pesquisara explica que multimodal significa ter suporte em vários modos e modalidades para todos os tipos de inputs e outputs.

“Eles podem ser feitos por texto, toque, áudio, visão computacional, realidade aumentada, realidade virtual, gestos e voz. Estes são elementos integrados. Existem múltiplas modalidades em inputs e outputs”, exemplificou, mostrando que a fala, apesar de ser dominante, não é a única forma de interagir com o dispositivo.

Apesar de satisfeita com o que se faz hoje com smart speakers, assistentes de voz e aplicações, Joan Bajorek vê espaço para outras soluções mais sofisticadas para atender às expectativas dos usuários.

“No geral, vejo um mundo onde a voz é um componente fundamental. Essas construções multimodais, nós customizamos para cada uso específico”, comentou ao participar da segunda live do NewVoice Summit, esta semana.

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Assistentes de Voz

Topo