escuro
Android Things

Android Things chega ao fim a partir de janeiro

Desenvolvedores, no entanto, poderão atualizar os projetos existentes até 5 de janeiro de 2022

O Google anunciou oficialmente que vai descontinuar o serviço Android Things no dia 5 de janeiro de 2021. De acordo com o site Ars Technica, o Dashboard, usado para gerenciar todos os designs, vai deixar de receber novos projetos no início do próximo ano.

No entanto, os desenvolvedores poderão continuar atualizando os conteúdos existentes até 5 de janeiro de 2022. A partir desta data, além do serviço não receber mais projetos, todo o conteúdo existente será apagado. 

Acredita-se que o problema do Android Things é por ele ser mais caro e consumir mais energia, até mesmo para os padrões tradicionais da Internet das Coisas (IoT). Para reduzir custos, o Google reduziu o sistema operacional do serviço, removendo conteúdos, como widgets, telefonia, suporte para USB, NFC e biometria.

A dificuldade de o Android Things se conectar com os smart speakers e smart displays do Google é um outro motivo que levou ao encerramento do sistema.

O sistema Android Things foi lançado em 2015 com o objetivo de criar uma compatibilidade de hardware para uma casa inteligente. A partir de uma tecnologia de IoT, os primeiros testes com o serviço buscaram integrá-lo com dispositivos domésticos inteligentes, como roteadores e câmeras de segurança.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share