escuro
Novo Nest Hub

Novo Nest Hub ajuda a monitorar sono do usuário

Dispositivo do Google utiliza tecnologia Soli integrada, capaz de medir movimentos e respiração da pessoa

O Google anunciou nesta terça-feira, 16 de março, o novo smart display Nest Hub. Apesar de esteticamente ser muito parecido com a versão anterior, o dispositivo traz uma série de melhorias, como processador mais rápido e microfones que captam melhor o áudio. 

De acordo com a empresa, o novo Nest Hub tem um desempenho de graves 50% melhor graças a um alto-falante maior. Além disso, para melhorar a interação com o usuário, o smart display recebeu um terceiro microfone e um chip de aprendizado de máquina, tornando as respostas mais rápidas e precisas. 

No entanto, apesar dessas melhorias, a principal diferença do Nest Hub original para a nova versão é a capacidade de analisar a qualidade de sono do usuário. Isso é possível graças ao chamado Sleep Sensing, que utiliza o sensor Soli integrado. Essa tecnologia é capaz de medir os movimentos e a respiração do usuário sem a necessidade de uma câmera ou wearable. 

Segundo a empresa, as informações captadas pelo sensor Soli são capazes de fazer um resumo de como foi o sono da pessoa, dizendo se ela tossiu ou roncou.  E tudo isso funciona de forma automática, ou seja, não é necessário ativar a função por voz no smart display.

Smart display com Sleep Sensing

O Google diz que, durante as manhãs, os usuários receberão um resumo personalizado de como foi o sono, perguntando “Ok Google, como eu dormi?”. O relatório estará disponível pelo smart display e por meio do aplicativo Google Fit em dispositivos Android e iOS. Nele, constam as chamadas “dados de eventos do sono”, que incluem a hora em que a pessoa foi dormir, acordou e tossiu. 

Esse recurso foi desenvolvido em parceria com a Academia Americana de Medicina do Sono, para fornecer orientações e sugestões personalizadas sobre como o usuário pode melhorar o próprio sono. 

No entanto, a empresa diz que essa funcionalidade é opcional, permitindo que o usuário desative o recurso a qualquer momento. O Google diz que as informações de áudio captadas serão processadas apenas no dispositivo. Ou seja, não serão enviadas para os servidores da empresa e usados para anúncios personalizados.

Segundo o Google, o Sleep Sensing estará disponível gratuitamente até o ano que vem, mas não disse quanto esse recurso pode custar. 

Além do uso voltado para a captação do sono, a tecnologia Soli também permitirá que o usuário faça gestos para reproduzir ou pausar a reprodução de mídia no dispositivo. Assim, será possível controlar plataformas como Spotify, Apple Music, Disney + e Netflix por meio de comandos de voz ou por movimentos  com as mãos. 

O novo Nest Hub entrou em pré-venda nesta terça-feira, 16 de março, pelo valor de US$ 99,99. Diferentemente do primeiro modelo, o smart display está disponível em quatro cores: Giz, Carvão, Areia e Mist. O dispositivo pode ser pré-encomendado nas lojas online do Google dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Alemanha, França e Austrália. 

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share