escuro
Amazon, Apple e Google

Amazon, Apple e Google são investigados por violar privacidade

Usuários alegam que assistentes de voz gravam conversas para serem usadas em publicidade

Os usuários de aparelhos tecnológicos, como smartphones e smart speakers, costumam se preocupar bastante com a privacidade. Mesmo com todas as empresas sendo obrigadas a garantir esse direito, a Amazon, Apple e Google estão sendo investigadas por possíveis violações da privacidade dos usuários.

Segundo o juiz distrital dos Estados Unidos, Jeffrey White, os reclamantes do processo afirmam que as três empresas de tecnologia gravam as conversas privadas por meio de “ativações acidentais”. Uma das alegações mais comuns é a de que após terem a conversa gravada, ela é usada para os anunciantes. 

Além disso, as pessoas disseram ter visto os assistentes de voz serem ativados mesmo quando não foram chamados. A Amazon, Apple e Google negam a acusação.

Segundo as empresas, os clientes têm várias opções para gerenciar as gravações, como a possibilidade de excluí-las automaticamente. 

“Se você não quiser ser gravado pela Alexa, no aplicativo Alexa, vá para o menu ‘Privacidade’, vá para ‘Gerenciar seus dados Alexa’ e, em seguida, ‘Escolha por quanto tempo salvar as gravações’ e, por fim, selecione ‘Não salvar gravações’”, disse um porta-voz da Amazon.

Além da Amazon, o Google também afirma que não salva as gravações dos usuários e que irá se defender das acusações.

Fonte: EconoTimes / Fox Business

Total
6
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
6
Share