Siga-nos

China vende menos smart speakers no 1º trimestre

China vende menos smart speakers no primeiro trimestre de 2020

Hardware

China vende menos smart speakers no 1º trimestre

Vendas de alto-falantes inteligentes no mercado chinês caíram 300 mil unidades, segundo dados da Strategy Analytics

As vendas de alto-falantes inteligentes no mercado chinês caíram 300 mil unidades no primeiro trimestre de 2020, quando comparado à igual período do ano anterior, segundo dados da Strategy Analytics. A consultoria atribuiu a queda aos efeitos da pandemia do coronavírus.

“As ações globais dos fornecedores chineses Baidu, Alibaba e Xiaomi diminuíram à medida que enfrentavam desafios de oferta e demanda no mercado interno chinês, como resultado de medidas relacionadas a pandemia”, explicou a Strategy Analytics.

Segundo a empresa, no segundo trimestre de 2020, no entanto, as cadeias de suprimentos chinesas voltaram ao normal e as participações no segundo trimestre de fornecedores chineses aumentarão novamente.

Uma recuperação esperada no segundo trimestre reflete o fato de que poucos alto-falantes inteligentes de fabricantes chineses são comprados fora do país.

Outro detalhe interessante nos dados globais de vendas de alto-falantes inteligentes da Strategy Analytics é o percentual comandado pelas marcas chinesas de dispositivos.

A proporção total de vendas de alto-falantes inteligentes provenientes da China aumentou nos últimos cinco trimestres e oscilou entre 29%-43% em comparação com 18%-30% em 2018. É provável que a China exceda consistentemente um terço das vendas de alto-falantes inteligentes em todo o mundo nos próximos trimestres.

Fonte: Voicebot

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Hardware

Topo