Siga-nos

Google busca uma verdadeira IA de conversação

Google adia conferência para desenvolvedores

Assistentes de Voz

Google busca uma verdadeira IA de conversação

Empresa anuncia Meena, uma rede neural com 2,6 bilhões de parâmetros e 40 bilhões de palavras, capaz de trabalhar com várias formas de diálogos

Uma rede neural com 2,6 bilhões de parâmetros, treinada com 40 bilhões de palavras e capaz de trabalhar com várias formas de diálogos. Eis o Meena, que o Google anunciou nesta quarta-feira, 29 de janeiro, com o objetivo de compartilhar o progresso em direção à aprendizagem profunda projetada para manter uma conversação. Segundo a empresa, a solução é melhor do que outros agentes de inteligência artificial criados para conversação e disponíveis, atualmente, online.

O Google também lançou hoje o Sensibleness and Specificity Average (SSA), uma métrica criada por seus pesquisadores para medir a capacidade de um agente de conversação em manter respostas em conversas que fazem sentido e são específicas.

Por essa métrica, os seres humanos alcançam 86% na SSA. Nos testes iniciais, o Meena atingiu 79%. Mitsuku, um agente de IA criado pela Pandora Bots que ganhou o Prêmio Loebner nos últimos quatro anos, obteve 56%, enquanto o XiaoIce, da Microsoft, que fala chinês mandarim, obteve 31%.

Meena é treinada com 40 bilhões de palavras e utiliza um modelo sequência por sequência e uma variação da arquitetura popular do Transformer. O Google lançou o Transformer pela primeira vez em 2017, e desde então o idioma passou a figurar entre os modelos com melhor desempenho do mercado.

O SSA avalia o diálogo com base no desempenho estático com um conjunto fixo de comandos ou desempenho interativo, o que permite uma conversa de fluxo livre. Nos testes feitos pelos pesquisadores, cada conversa avaliada era obrigada a durar de 14 a 28 sessões.

Os resultados são alcançados com base na porcentagem de sessões consideradas específicas ou sensíveis, com o SSA penalizando respostas genéricas. O padrão do SSA que o Google propõe é diferente da métrica que outros assistentes definiram para avaliar uma IA verdadeiramente de conversação.

Fonte: Venturebeat

Clique para comentar

Deixe suas impressões

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias de Assistentes de Voz

Topo