escuro
Amazon

Amazon faz recomendações para enviar relatórios de skills da Alexa

Objetivo é ajudar a manter a qualidade no desenvolvimento das skills

Manter a qualidade de uma skill é um fator essencial para qualquer desenvolvedor de aplicativos de voz. Desse modo, a Amazon traz algumas recomendações para ajudar os desenvolvedores.

Primeiramente, para que os usuários consigam enviar relatórios ao “gateway” da Alexa é preciso habilitar os eventos da assistente na skill. Assim, ao serem habilitadas, as skills serão capazes de compartilhar informações e enviar “state events” de forma proativa. 

Para realizar esse processo, vá para a guia Permissões no Painel de Desenvolvedor Alexa e anote o ID e senha do cliente na guia de permissão. Esses dados servirão para solicitar um token de acesso.  

Em seguida será preciso habilitar o envio de mensagens assíncronas para o Alexa Event Gateway. Com isso, a assistente de voz enviará para o desenvolvedor uma “AcceptGrant directive” sempre que um usuário passar pelo processo de veiculação de contas.

Conteúdo dos relatórios

Outra recomendação sugerida pelo blog de desenvolvedores da Amazon é garantir que os “state events” relatados sejam processados corretamente. Para isso, é preciso incluir um ID de endpoint e um token de portador para cada “StateReport” e “ChangeReport”.

Além disso, nessas interfaces, é importante relatar apenas os novos eventos no payload, segundo o blog, existem duas seções que podem ser descritas no relatório: Contexto,  para descrever os estados inalterados, e o Payload, para descrever as mudanças no estado.  

Métricas do desenvolvedor

Segundo o blog, é importante manter uma precisão acima de 97%. Esse dado é medido pela Amazon ao comparar os valores demonstrados nos relatórios recebidos. Assim, ao receber um “StateReport”, a Amazon compara o valor com os valores relatados pelo “ChangeReport” mais recente. Os dados incompatíveis resultam em uma pontuação de porcentagem menor.

Para revisar a pontuação de precisão é preciso entrar no console do desenvolvedor e selecionar a skill ativa. Para isso, em “Operational Metrics” acesse “Change Report”. A página trará métricas para todos os controladores que estão recebendo “StateReports” e “ChangeReports”. 

Por fim, para revisar a pontuação de latência no Portal do Desenvolvedor, será preciso ir para a guia Relatório de alteração e selecionar a opção “Latência”, localizada acima dos gráficos. A latência é capaz de medir o tempo entre o instante em que cada directive é enviada a um endpoint da skill.  

Mais recomendações de como enviar relatórios podem ser encontradas no blog de desenvolvedores da Alexa.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share