escuro
Amazon

Amazon dá dicas para uma melhor interação com a Alexa

O objetivo é fazer com que os usuários não fiquem frustrados com o uso da tecnologia

Um dos principais desafios que os assistente de voz costumam enfrentar com novos usuários é a questão da fidelidade. Quando as pessoas costumam usar a tecnologia de voz, espera respostas imediatas, se frustrando com erros constantes da skill ou do dispositivo. 

Para que a interação da assistente de voz seja melhor percebida pelas pessoas, a Amazon disponibilizou algumas recomendações para que os desenvolvedores tornem a Alexa mais acessível para as pessoas.

Atualize a skill

Segundo o blog de desenvolvedores do Google, é importante manter a skill constantemente atualizada para que cada nova versão da interface de voz traga boas experiências para os usuários. Para verificar a documentação mais recente para as interfaces da Alexa, basta acessar o site da Alexa skills kit.

Amazon
Imagem: Amazon

Comandos bem-sucedidos

Quando os usuários dão comandos para os assistente de voz, eles esperam que a tecnologia compreenda de forma rápida o que foi dito. Mais importante do que isso, para que a interação seja bem-sucedida, é preciso que a assistente compreenda na primeira tentativa o comando de ativação de uma skill. 

Para isso, os desenvolvedores recomendam a existência de um feedback que deixe claro o que a assistente pode ou não fazer. Por exemplo, respostas como “OK” ou “Não posso fazer isso” são úteis para que o usuário reconheça que ela processou a solicitação.

Comandos não compreendidos

Por outro lado, é possível que a assistente não tenha reconhecido o comando do usuário. Segundo os desenvolvedores, é importante que existam respostas de erro que tragam uma visão clara do problema ou, até mesmo, maneiras de como resolvê-lo.

Eles dizem que um dos motivos que levam o usuário a desistir da interação é o longo tempo de espera para saber que a Alexa não compreendeu o que foi dito. Assim, eles recomendam uma resposta rápida, notificando as pessoas de que há um problema na conexão. 

Com isso, as respostas de erro mais elaboradas são capazes de ensinar ao usuário maneiras de resolver os problemas por conta própria, evitando a frustração de comandos não reconhecidos.

Todas as recomendações para os desenvolvedores estão no blog de desenvolvedores da Amazon.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share