escuro
Google

Comissão diz que Google infringiu patentes da Sonos

Ainda em fase preliminar, processo alega que a tecnologia foi utilizada nos principais hardware do Google

A Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC) emitiu uma nota dizendo que o Google infringiu patentes da Sonos. O processo foi iniciado em janeiro de 2020, com a alegação de que o Google utilizou a tecnologia da Sonos durante um período de parceria entre as duas empresas.

O processo diz que as patentes foram utilizadas nos principais hardwares do Google. Por conta disso, a Sonos pede a proibição na venda de aparelhos, como smart speakers, smart displays e telefones Pixel.

Apesar de o julgamento ainda estar em fase inicial, segundo o juiz de direito administrativo da ITC, Charles Bullock, o Google infringiu “todas as cinco patentes da Sonos”. Ainda em decisão preliminar, a Comissão Internacional também terá que considerar o caso e emitir o próprio veredito, que acontecerá somente em 13 de dezembro. Caso o ITC concorde com a sentença, a proibição entrará em vigor 60 dias após o veredito.

Google
Imagem: Divulgação/Google

Segundo a Sonos, também ocorrem práticas anticompetitivas por parte do Google, dizendo que o principal objetivo no processo é “garantir que todas as empresas, independentemente do tamanho, recebam uma compensação justa por investir no desenvolvimento de tecnologia líder do setor”.

Em uma declaração feito ao site The Verge, o porta-voz do Google, José Castañeda diz que:

“Não usamos a tecnologia da Sonos e competimos pela qualidade de nossos produtos e pelo mérito de nossas ideias. Discordamos dessa decisão preliminar e continuaremos defendendo nossa posição no próximo processo de revisão.”

Fonte: The Verge / 9to5Google / TechCrunch

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share