escuro
smart speakers

UK vai regulamentar rádios em smart speakers

Objetivo é desenvolver um novo regime de concorrência para os mercados digitais, segundo relatório

O governo britânico divulgou relatório que traz a sugestão de criar uma regulamentação específica para proteger a distribuição do conteúdo das rádios locais em dispositivos de áudio conectados, como smart speakers e sistemas automotivos de infoentretenimento, além de criar uma série de regras para a indústria radiofônica.

A conclusão do Digital Radio and Audio Review é que a evolução da indústria de rádio depende cada vez mais de os ouvintes terem acesso gratuito às inúmeras estações do Reino Unido em dispositivos de áudio conectados.

O relatório, que contou com a participação de grupos de rádio comerciais, a BBC, a Society of Motor Manufacturers and Traders e a TechUK, servirá de base para o governo elaborar um white paper para a indústria de radiodifusão, estabelecendo uma série de regras para a evolução da mídia rádio no Reino Unido.

Segundo o governo britânico, o objetivo do futuro documento é desenvolver um novo regime de concorrência para os mercados digitais. O que se procura é que o rádio continue a alcançar mais públicos, uma vez que é cada vez mais ouvido por meio de plataformas de tecnologia, em vez de aparelhos tradicionais.

“Devemos ter certeza de que o rádio continua a alcançar o público à medida que a escuta muda para novas tecnologias”, observou Julia Lopez, ministra da Mídia do Reino Unido.

Distribuição de áudio

Atualmente, Amazon, Google e Apple respondem por 95% dos alto-falantes inteligentes usados no Reino Unido. De acordo com o relatório, dentro dos regulamentos atuais não há nada que impeça as plataformas de tecnologia de limitar ou restringir o acesso aos serviços das rádios.

O relatório também revelou que 64% do áudio distribuído em um smart speaker é de rádio ao vivo. A estimativa do estudo é que essa alternativa vai representar mais de 50% do áudio consumido no Reino Unido em meados de 2030.

A oferta de serviços de áudio sob demanda e a evolução do rádio digital DBA (Digital Audio Broadcasting) modificaram os hábitos dos ouvintes de rádio no Reino Unido.

O relatório revelou que, atualmente, existem mais de 570 estações em DAB – que respondem por cerca de 60% da audiência de rádio -, além de milhares online e 300 analógicas.

“Novas redes DAB de pequena escala estão entrando no ar, dando cada vez mais a pequenas estações locais a capacidade de transmitir digitalmente”, diz o documento.

Smart speakers no Reino Unido

A adoção dos smart speakers no Reino Unido é uma das mais altas do mundo, sendo que cerca de 38,2% dos adultos já possuem um aparelho em casa. Essa marca é superior aos 30,7% vistos no início de 2020, refletindo um crescimento de 24,5% durante a pandemia do Covid-19. O levantamento diz que a adoção quase triplicou desde 2019.

Segundo o relatório UK Smart Speaker Consumer Adoption, essa adoção reflete cerca de 20 milhões de usuários, somente no início de 2021. Além disso, pelo menos uma em cada cinco das pessoas consultadas possui pelo menos um smart display.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share