escuro
Pesquisa

Pesquisa mostra tipos de dados coletados por assistentes de voz

Análise da Reviews.org trabalhou com informações dos termos de uso das principais plataformas de voz

A partir da análise dos termos e condições de uso, um estudo da Reviews.org procurou identificar que tipo de informação as principais plataformas de voz coletam dos usuários. Chamada de Data Smart Assistants Collect about You, a pesquisa considerou a Amazon Alexa, o Google Assistente, a Siri, a Bixby e a Cortana.

A análise está dividida em quatro tipos de informações: dados pessoais, dos contatos, dos arquivos e atividades e dos dispositivos e redes dos usuários.

Sobre dados pessoais, Amazon Alexa, Bixby (Samsung) e Cortana (Microsoft) são os que pedem mais itens, num total de 12. Google Assistente e Siri solicitam oito itens.

Assistentes de voz

O estudo mostrou que o Google Assistente, no item contatos dos usuários, é o que mais pede informações, com seis itens. As demais plataformas solicitam quatro itens.

Assistentes de voz

No caso de arquivos e atividades, a Amazon exige mais informações, no total de 14 itens. Depois vem Bixby (12), Cortana (9), Siri (8) e Google (7).

assistentes de voz

A Alexa e a Siri, de acordo com o estudo, também são os assistentes de voz que mais requerem informações sobre dispositivos e redes dos usuários, com nove itens. O Google Assistente é o que menos solicita esse tipo de dado, com seis itens.

assistentes de voz

Os dados coletados pela análise da Reviews.org tem uma clara preocupação com a privacidade dos usuários, uma vez que os assistentes trabalham com os seus dados nas interações.

De acordo com a pesquisa, 56% dos usuários de assistentes de voz nos Estados Unidos afirmaram que se preocupam em ter seus dados coletados. A análise também mostrou que 52% das pessoas nunca leram a política de privacidade ou os termos e condições das plataformas.

“Nem sempre prestamos atenção aos dados que nossos assistentes inteligentes estão coletando, mas, uma vez que estamos cientes, existem etapas que podemos realizar para manter algumas de nossas informações privadas em sigilo”, conclui o estudo.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share