escuro
Google

Google perde disputa de patentes de smart speakers contra a Sonos

Com decisão da Comissão de Comércio Internacional dos EUA, empresa começou a fazer alterações, como o ajuste individual do volume dos alto-falantes de uma rede

A Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos decidiu que o Google está violando cinco patentes da Sonos relacionadas aos smart speakers. Por conta da decisão, o tribunal determinou que o Google deverá realizar mudanças imediatas na linha de dispositivos Nest.

Esta disputa judicial teve início há dois anos, com a Sonos alegando um uso ilegal de sua patente para a criação dos alto falantes Nest. Na época, a Sonos exigiu a proibição das vendas nos Estados Unidos de qualquer aparelho que use a tecnologia de voz, como smart speakers, smartphones e laptops.

No entanto, segundo a Comissão, o Google tem “60 dias para implementar mudanças antes que a proibição entre em vigor”. Uma das cinco patentes infringidas está relacionada ao ajuste de volume em uma rede local. Por conta disso, os usuários dos smart speakers Nest não poderão mais usar o Google Assistente ou o aplicativo Google Home para alterar o volume de vários dispositivos ao mesmo tempo.

Assim, em vez de dizer “OK Google, diminua o volume para 40% dos smart speakers da sala”, será preciso alterá-los individualmente.

Google

Apesar de uma lista completa dos dispositivos que foram afetados não ter sido divulgada, o site The Verge menciona os smartphones Pixel, Nest Hub, Nest Mini, Chromecast e computadores Pixel. 

Ainda não se sabe quais serão as próximas mudanças, mas, já que duas das outras patentes são sobre a sincronização de vários dispositivos em uma rede, a empresa revelou que os usuários precisarão baixar um aplicativo especial para configurar aparelhos em uma mesma rede. 

Mesmo com a vitória da Sonos, a disputa entre as duas empresas ainda não acabou. Em resposta ao processo da Sonos em janeiro de 2020, o Google entrou com um processo sobre as próprias patentes. Poucos meses depois, em setembro de 2020, a Sonos entrou com outro processo, alegando que o Google infringiu ainda mais as suas patentes.  

Imagem: Divulgação/Google

Segundo a Sonos, além das violações de patentes, também ocorrem práticas anticompetitivas por parte do Google, dizendo que o principal objetivo no processo é “garantir que todas as empresas, independentemente do tamanho, recebam uma compensação justa por investir no desenvolvimento de tecnologia líder do setor”.

Fonte: The Verge/ Android Police

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share