escuro
Echo

Amazon usa interações com smart speakers para segmentar anúncios, diz estudo

Empresa critica conclusões do relatório elaborado por pesquisadores de uma série de universidades e nega violação de política de privacidade

A Amazon usou as interações dos usuários dos smart speakers Echo para fazer a segmentação de anúncios de áudio via Alexa e na Web. Essa é uma das conclusões de um estudo recente elaborado por pesquisadores da Universidade de Washington, UC Davis, UC Irvine e Northeastern University.

O relatório também alega que as interações dos usuários com os dispositivos são rastreadas pela Amazon e por terceiros que criam as skills da Alexa, além de violar suas políticas de privacidade.

A Amazon, em reportagem da Voicebot, criticou as conclusões do estudo e negou qualquer violação de suas práticas de privacidade.

No desenvolvimento do estudo, o pesquisadores usaram um sistema de auditoria que aproveita a publicidade online para medir a coleta de dados, seu uso e seu compartilhamento pelas plataformas de alto-falantes inteligentes. Segundo o relatório, a prática leva a lances de anúncios até 30 vezes mais altos dos anunciantes.

Os resultados do estudo apontam ainda que a Amazon e terceiros (incluindo serviços de publicidade e rastreamento) coletam dados dos usuários nas interações com o alto-falante inteligente.

Os pesquisadores descobriram que a Amazon processa dados de voz para inferir os interesses dos usuários e os utiliza para veicular anúncios direcionados na plataforma (dispositivos Echo) e fora da plataforma (web).

No estudo, os pesquisadores fizeram uma série de experimentos controlados para expor, intencionalmente, os interesses dos usuários. Para isso, usaram várias personas para observar o comportamento da plataforma.

Echo

Assim, o estudo seguiu três perspectivas: o tráfego de rede trocado por alto-falantes inteligentes; os anúncios veiculados para as personas; e as políticas de privacidade das skills de terceiros.

“Em resumo, encontramos fortes evidências de que os alto-falantes inteligentes usam as interações com o objetivo de segmentar anúncios e que essa segmentação de anúncios implica um compartilhamento significativo de dados entre várias partes”, consideram os pesquisadores.

Posicionamento da Amazon

Por e-mail enviado ao Voicebot, Eric Sveum, porta-voz da Amazon, se manifestou sobre o posicionamento da empresa. “Achamos que a melhor publicidade é feita sob medida para os interesses dos clientes, por isso, em alguns casos, usaremos as ações dos clientes, seja comprando na Amazon ou streaming na Amazon Music, para informar os anúncios que veiculamos”, destacou.

“Esta não é uma prática atípica – os maiores serviços de publicidade do mundo fazem isso para melhor atender seus usuários e seus anunciantes.”, disse Sveum, lembrando que os usuários podem optar por desabilitar a coleta de dados, caso optem por meio da página de preferências de publicidade.

O estudo também levantou dados das políticas de privacidade adotadas pela Amazon, incluindo a Alexa, e as skills de terceiros analisadas. Para isso, foram consideradas 450 skills divididas em nove categorias.

Segundo o estudo, 214 delas (47,6%) fornecem links para suas políticas de privacidade, sendo que apenas 188 puderam ser baixadas. Entre elas, 129 nem mencionam Alexa ou Amazon, sendo a maioria genérica e aplicada a vários produtos, mas não específicas para skills Alexa.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share