escuro
Google Assistente

Uso de assistentes de voz, praticamente, divide população dos EUA

Relatório revela que 24,2% da população do país vão utilizar o assistente este ano.

Um novo relatório divulgado pela Insider Intelligence revela que o uso de assistentes de voz, praticamente, divide a população dos Estados Unidos, trazendo percentuais muito próximos entre Google Assistente, Siri e Alexa.

A estimativa é que 24,2% da população do país usará o Google Assistente em 2022, resultado influenciado pelo aumento das vendas dos dispositivos Google Home, Nest Home e Android.

Segundo o relatório, em seguida aparecem a Siri e a Alexa, que serão usados, respectivamente, por 23% e 21,2% da população dos Estados Unidos.

Com a evolução da tecnologia, os assistentes de voz ganham mais espaço no dia a dia dos norte-americanos. O relatório trabalha com a expectativa de que o número de usuários nos Estados Unidos chegue a 142 milhões de pessoas este ano, ou seja, 42,1% da população do país.

Na verdade, nesta edição do relatório a consultoria revisou o número para mais 2,9 milhões em relação aos dados anteriores. A Insider Intelligence estima que, até 2026, o número de usuários de assistentes de voz represente metade da população do país, chegando a 157,1 de milhões de pessoas.

A consultoria projeta que 125,2 milhões das pessoas no país usarão assistentes de voz um smartphone este ano. Segundo a Insider Intelligence, os assistentes de voz baseados em smartphones também podem ser usados ​​para acessar uma variedade de outros dispositivos, como carros e tecnologia de casa inteligente.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share