escuro
Casa inteligente

IDC projeta alta de 21% para mercado de casa inteligente

Previsão é que volume de negócios este ano supere a marca de US$ 291 milhões

O mercado brasileiro de equipamentos para automação residencial está em alta. A previsão do IDC Brasil é que o volume de negócios este ano supere a marca de US$ 291 milhões, com crescimento de 21% na comparação com 2020.

Segundo o estudo IDC Predictions, a pandemia do coronavírus ajudou a puxar o crescimento do segmento. Os dados do IDC mostram o aumento da procura de dispositivos inteligentes com smart speakers, lâmpadas e câmaras, por exemplo.

A previsão é que nos próximos anos o mercado brasileiro de casa inteligente evolua a uma taxa de 30% nos próximos anos. A projeção não considera as smart TVs, uma vez que o IDC considera o segmento já consolidado.

Equipamentos de segurança (32%), elétricos (32%), smart speakers (25%) e termostatos (28%), na avaliação do IDC, devem puxar o crescimento no país. Na visão global do instituto, o segmento de smart home deve crescer, em média, 11,9% nos próximos anos.

“O mercado de equipamentos para automação doméstica deve ultrapassar US$ 291 milhões em 2021, confirmando que, com mais tempo em casa, há necessidade de um lar mais funcional e inteligente”, comentou Reinaldo Sakis, gerente de pesquisa e consultoria em Consumer Devices da IDC Brasil.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share