escuro
Amazon, Apple e Google

Assistentes de voz ganham mais peso no marketing

Para 29,1% dos profissionais, esse canal é considerado de extrema importância, segundo novo relatório

Os assistentes de voz, aos poucos, começam a entrar de vez no radar dos profissionais de marketing nos Estados Unidos. O relatório “The State of Voice Assistants” de 2021 mostra que 29,1% deles consideram o uso desse canal como extremamente importante, contra 24% em 2019.

Na versão deste ano do relatório, 81,6% dos profissionais consideraram os assistentes de voz de moderado a extremamente importante. Esse número na edição anterior do estudo chegou a 80,6%.

Segundo o relatório, 32,9% dos profissionais de marketing avaliaram os assistentes de voz como canal significativamente importante, contra 35,9% da versão de 2019.

Na versão de 2021, para 19,6% deles esse é um canal moderadamente importante. Na edição de 2019, esse número era de 20,7%. Pouco importante ficou com 10,1%, contra 10,9% do estudo passado.

O relatório de 2021 buscou considerar vários itens, além de medir os sentimentos dos profissionais. Entre eles estão a atividade e o orçamento da área de marketing para os assistentes e aplicativos de voz nos dois últimos anos.

A nova edição também incluiu perguntas específicas sobre o surgimento de assistentes de voz personalizados desenvolvidos pelas empresas. O relatório considerou os seguintes assistentes de voz: Google Assistente, Amazon Alexa, Bixby e Siri.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share