escuro
Google

Google leva Android e Nest para o Matter

Protocolo, previsto para este ano, simplifica o acesso às casas inteligentes estabelecendo um padrão único para o setor

O número de dispositivos inteligentes em uma smart home média dos Estados Unidos, em 2016, chegava a apenas três. Hoje, esta marca está na faixa de nove produtos. Os dados comprovam a tendência de alta desse tipo de solução, mas ainda há muito o que evoluir. O Google deixa bem claro sua postura nesse mercado: seu objetivo é tornar a casa inteligente cada vez mais útil e acessível para todos.

E, junto com uma série de outros fabricantes, o Google aposta no Matter, novo protocolo que simplifica o acesso às casas inteligentes estabelecendo um padrão único em todo o setor. E a empresa já deu a partida para trazer o Android e produtos Nest para o protocolo, previsto para chegar ao mercado ainda este ano.

“Matter é um avanço na ajuda inteligente para usuários e desenvolvedores, com suporte em todo o nosso ecossistema de casa inteligente para a construção de experiências atraentes em cima dele”, avaliou Michele Turner, diretora sênior do Google Smart Home, em sua palestra no Google I/O.

A criação de um novo protocolo de aplicativo doméstico inteligente, aberto e universal resolve o desafio de usuários e desenvolvedores na hora de configurar os dispositivos de casa inteligente, explicou Michele. Configurar um produto Matter só vai exigir alguns toques.

“O usuário terá várias maneiras de controlá-los instantaneamente, como aplicativos Android habilitados para Matter, Google Assistente, o app Google Home, Android Power Controles e dispositivos Google compatíveis”, observou Michele.

O protocolo também permite que mais de 1 bilhão de dispositivos Android tenham uma configuração simples e controlem todos os produtos certificados pelo Matter.

Segundo a executiva, o Android será um dos principais sistemas operacionais com suporte integrado para o Matter, permitindo uma configuração rápida com dispositivos com o Google, e a vinculação de aplicativos Android favoritos.

A preocupação com a melhor conexão e a rapidez nas respostas faz parte também da linha Nest. Para isso, a Thread, tecnologia criada em 2014 para ajudar os dispositivos domésticos inteligentes a funcionarem com mais rapidez e segurança, funcionará em conjunto com a Matter.

“Dispositivos com Thread integrado, como Nest Wifi, Nest Hub Max e o Nest Hub de segunda geração, se tornarão pontos de conexão para dispositivos Matter, criando conexões ainda mais fortes e rápidas em sua casa”, contou a executiva.

Segundo ela, todos os monitores e alto-falantes Nest, como o Nest Hub e o Nest Mini, serão atualizados automaticamente para controlar os dispositivos Matter, proporcionando experiências mais rápidas e confiáveis, independentemente de usarem Wi-Fi, Thread ou Ethernet.

Outra investida da empresa é atualizar o mais recente termostato Nest para oferecer suporte ao Matter, o que vai fazer com que pela primeira vez o dispositivo possa ser controlado em outras plataformas certificadas com o Matter.

“Os dispositivos Matter funcionarão em todos os lugares de uma casa inteligente Google”, concluiu Michele, acrescentando que o Google criou um novo diretoria de casa inteligente. A plataforma vai ajudar a descobrir dispositivos compatíveis com o Google Assistente, além de reunir um conteúdo com vídeos sobre o tema.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share