escuro
smart speakers

Britânicos e alemães são os que mais usam smart speakers

É o que apontou pesquisa que mostra a frequência de utilização dos alto-falantes inteligentes nos EUA, Reino Unido e Alemanha

Os smart speakers já fazem parte da rotina de muitas pessoas no mundo inteiro. O que tem variado é o tempo de utilização dos dispositivos. Ao contrário do que se pensa, os americanos não têm a maior frequência de uso dos alto-falantes inteligentes. Os britânicos e alemães ficam na frente neste quesito.

É o que mostra uma recente pesquisa do Voicebot com 3.300 consumidores dos Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido, sendo que nenhum deles com menos de 1.000 pessoas consultadas.

Quando se soma o uso diário e o mensal, os britânicos ficam com 92,6% de frequência, contra 90,3% dos alemães e 75,7% dos americanos, revelou o levantamento.

No uso diário, os alemães ficaram na frente, com 66,8% de frequência; os britânicos com 66,3%; e os americanos com 50,1%.

A pesquisa revelou que, por mês, os britânicos são os que mais usam os smart speakers, com 26,3% de frequência. Os americanos ficaram com 25,6% e os alemães, com 23,5%.

Segundo o estudo, 24,3% dos americanos afirmaram que nunca ou raramente usam os alto-falantes inteligentes. Na Alemanha, foram 9,7% dos proprietários e, no Reino Unido, 7,4%.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share