escuro
Dispositivos inteligentes

Mercado de dispositivos inteligentes tem alta de 11,7% em 2021

Volume comercializado no período chegou a 895 milhões de unidades. IDC projeta crescimento de dois dígitos até 2026

O mercado mundial de dispositivos domésticos inteligentes registrou um crescimento de 11,7%, em 2021, ao atingir a marca de 895 milhões de unidades comercializadas. Os dados são do International Data Corporation (IDC), que projeta um crescimento para esse mercado de dois dígitos até 2026.

A América do Norte liderou o volume de embarques de unidades, obtendo um crescimento de 11,4%. Em segundo lugar ficou a região da Ásia/Pacífico com alta de 31%. A Europa Ocidental e a América Latina tiveram aumentos de 14,8% e 11,2%, respectivamente, no volume de embarques de dispositivos inteligentes.

Segundo o relatório do IDC, a categoria de dispositivos de entretenimento de vídeo em rede (smart TVs, streaming sticks e decodificadores conectados à internet), atingiu 310,7 milhões de unidades embarcadas.

Com o resultado, a categoria registrou uma participação de mercado de 34,7% e crescimento de 4,8% ano ao ano em 2021. Para 2026, o IDC projeta um aumento de 26%, chegando a 374,3 milhões de unidades e taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 3,8%

Em segundo lugar, ficou a categoria de monitoramento residencial e segurança, com participação de mercado de 21%, chegando a 184,8 milhões de dispositivos embarcados. A projeção para 2026 é de 306 milhões de unidades, com evolução de 21% e CAGR de 10,6%.

“A noção de casa inteligente é bem e verdadeiramente mainstream em muitas partes do mundo agora”, destacou Adam Wright, analista de pesquisa sênior da Internet das Coisas, indicando que os dispositivos domésticos inteligentes provaram seu mérito durante a pandemia global por agregar valor significativo à vida das pessoas em casa.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share