escuro
Centro vai gerar pesquisas para aprimorar PLN

Centro vai gerar pesquisas para aprimorar PLN

Treinar sistemas de processamento de linguagem natural é um dos focos iniciais do Centro de Inteligência Artificial, iniciativa que envolve IBM, USP e Fapesp

O Centro de Inteligência Artificial (C4AI), iniciativa que envolve IBM, Universidade de São Paulo e Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), iniciou as atividades nesta terça-feira, 13 de outubro. O objetivo do centro é desenvolver estudos em pesquisa de ponta em IA para diversas áreas.

Nesta etapa inicial, o centro terá cinco grandes desafios, sendo um deles o desenvolvimento de tecnologias de processamento de linguagem natural em português. 

A ideia é criar soluções que aprimorem, por exemplo, os serviços de atendimento ao cliente, o treinamento de assistentes virtuais, o monitoramento de redes sociais, além de possibilitar a análise e a extração de conhecimento de grandes fontes de dados.

Os outros quatro desafios do centro dizem respeito ao uso da inteligência artificial relacionado à saúde, ao meio ambiente, à cadeia de produção de alimentos e ao futuro do trabalho.

O novo centro terá, em paralelo, três comitês de acompanhamento que vão trabalhar temas ligados à indústria, à ciência e à sociedade. A ideia é que os comitês ampliem os cinco desafios iniciais, ajudando a garantir a aplicação real da inteligência artificial nas empresas e na sociedade.

Uma segunda unidade do centro, que funcionará no campus da USP em São Carlos, vai trabalhar na capacitação de estudantes e profissionais para disseminar e transferir os benefícios da tecnologia para a sociedade.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share