escuro
Saiba como melhorar a interação

Saiba como melhorar a interação com os assistentes de voz

Com essas dicas, usuários iniciantes poderão conversar com a Alexa, Siri e Google Assistente com mais facilidade

Com os assistentes de voz os usuários podem realizar diversas atividades do dia a dia sem precisar parar o que se está  fazendo. Por exemplo, é possível usá-los para ouvir as notícias, controlar dispositivos inteligentes que estão muito distantes e até mesmo para se divertir, jogando voice games ou conversando com o assistente.

No entanto, já que o uso popular de assistentes de voz como a SiriAlexa e Google Assistente ainda é muito recente, é comum haver problemas na comunicação. Por conta disso, vamos listar agora algumas formas de melhorar a interação com o assistente:

Autorize o microfone

Caso você esteja usando o assistente de voz em um smartphone é comum que a palavra de ativação não seja reconhecida por conta do microfone. Com exceção da Alexa, tanto o Google Assistente quanto a Siri podem ser ativados em qualquer tela do celular, sem a necessidade de baixar um aplicativo. 

Porém, para os usuários de primeira viagem, o microfone do assistente costuma vir desativado, precisando ser autorizado manualmente  para ser usado. Com o Google Assistente, basta ir em “Configurações” e procurar por “Configurações do Assistente”.

Em seguida, clique em “Voice Match” e depois é só clicar no botão que permite acessar o assistente sempre que for dito “Ok Google”. 

45% das pessoas querem

Crie perfis personalizados

Além de poder ser controlado inteiramente pela voz, os assistentes do Google, da Apple e da Amazon também podem ser treinados para reconhecer vozes específicas. Com a Alexa, é possível criar até seis perfis de voz. Para fazer com que as outras pessoas da casa também possam usar a assistente basta seguir o seguinte processo:

  • Baixe o aplicativo Alexa em outro celular
  • Inicie a sessão com a conta que dê acesso ao dispositivo Echo
  • Após adicionar um novo usuário, entre na sessão voz e selecione a opção criar

Velocidade na fala

Apesar de os assistentes de voz terem uma boa taxa de compreensão dos comandos feitos pelos usuários, uma dificuldade muito comum entre eles é reconhecer falas muito rápidas ou lentas. Por isso, a melhor forma de se falar com os assistentes é de forma pausada, para que cada palavra possa ser reconhecida. 

Resposta de acompanhamento

Muitas vezes pode ser frustrante quando o assistente não reconhece o comando e acaba pedindo algum tipo de esclarecimento sobre o que foi dito. Apesar desses erros de reconhecimento incomodarem, é importante continuar conversando com o assistente para que a inteligência artificial aprenda e traga melhores respostas nas próximas tentativas. 

O Google é uma das empresas que mais tem investido nessa capacidade de aprendizado, tanto que foi anunciado no mês passado que os usuários poderiam ajudar a melhorar o assistente. Disponível, por enquanto, para usuários de língua inglesa, ao fazer uma ligação ou mandar uma mensagem pelo Google Assistente, a IA se lembrará do modo como falamos o nome das pessoas.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share