escuro
Assistentes de voz

Proprietários preferem assistentes de voz tradicionais nos automóveis

Relatório da Strategy Analytics buscou saber que tipo de solução pode gerar uma melhor experiência para os usuários

Um relatório recente da Strategy Analytics ouviu proprietários de automóveis de várias regiões do mundo para saber do interesse deles em usar assistentes de voz nos automóveis. O objetivo do levantamento foi identificar que tipo de solução pode gerar uma melhor experiência para a tecnologia de voz embarcada nos veículos.

A comparação do relatório, chamado de Consumer Interest in Car-based Voice Assistants, ficou centrada em dois tipos de assistentes de voz: os assistentes criados por empresas como Google, Amazon, Apple e Samsung e os desenvolvidos pelos próprios fabricantes de carros.

Segundo o levantamento, o interesse em usar o Google Assistente, a Alexa, a Siri ou a Bixby está maior, agora, nos países da Europa Ocidental na comparação com os Estados Unidos ou a China. As soluções das montadoras, no geral, perdem para as criadas pelas empresas de tecnologia.

No caso da China, os proprietários mostraram mais confiança em relação aos ocidentais na capacidade de os fabricantes desenvolverem assistentes que ofereçam experiências de voz mais atraentes dentro dos carros.

“Alguns assistentes de voz de fabricantes fornecem uma experiência atraente, mas, no geral, eles são insuficientes quando comparados aos das empresas de tecnologia”, comentou Diana Franganillo, autora do relatório e diretora do In-Vehicle UX (IVX) do Strategy Analytics.

O relatório, no entanto, constatou que o interesse em assistentes de voz das montadoras continua a flutuar nos Estados Unidos, embora tenha se estabilizado nos países da Europa Ocidental.

Para Chris Schreiner, diretor do Syndicated Research UXIP, a maior adoção do Android Automotive deve reduzir futuros investimentos das fabricantes de automóveis no desenvolvimento dos seus produtos.

“Embora a marca seja um aspecto importante, a capacidade de falar com a mesma personificação fora e dentro do carro usando as mesmas expressões é mais importante para a experiência do usuário. As empresas de tecnologia já têm uma reputação estabelecida com isso, observou. 

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share