escuro
Confira

CES 2022, um show de soluções para casa inteligente

Um dos principais destaques do primeiro dia foram dispositivos e recursos para smart home

A Consumer Electronics Show (CES) é um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, e tem como sede o Centro de Convenções de Las Vegas, onde todos os anos milhares de pessoas se encontram para ver as novidades das maiores empresas do setor. 

No entanto, por conta do aumento no número de casos da variante Ômicron da Covid-19 nos Estados Unidos, a feira optou por um formato presencial e online. Ao todo, mais de 2.200 empresas estarão presentes no espaço físico, sendo que grandes nomes como Google e Amazon apresentaram as suas novidades de forma virtual.

O evento começou na quarta-feira, 5 de janeiro, e vai até a próxima sexta. No primeiro dia da CES o grande destaque foram os dispositivos para casa inteligente, porém, as empresas reservaram uma atenção especial para os recursos de carros inteligentes. Confira abaixo alguns dos principais destaques do primeiro dia de evento.

Imagem: Divulgação/CES

Durante a CES 2022, a fabricante de portas Masonite apresentou a primeira porta  inteligente do mercado. Desenvolvida em parceria com a Ring e a Yale, a M-Pwr Smart Door é a primeira porta externa residencial que integra luzes, sensores, campainha de vídeo e uma fechadura inteligente em um mesmo lugar. 

Segundo a empresa, todas essas funções inteligentes não precisam ser recarregadas, pois a porta vem com uma fonte de energia conectada à tomada. Caso aconteça uma queda de energia, a M-Pwr vem com uma bateria reserva para manter o funcionamento por até 24 horas.

Imagem: Divulgação/Masonite

A porta é feita de fibra de vidro e estará disponível em uma variedade de cores e acabamentos. Nela podem ser encontrados três dispositivos diferentes: uma campainha Ring Video, um smart lock da Yale e um sensor de movimento PIR. Todos funcionam por meio de conexão Wi-Fi e Bluetooth, porém, para controlar todos os aparelhos é preciso baixar o aplicativo da Masonite. 

De acordo com Cory Sorice, vice-presidente sênior e diretor de inovação da Masonite, todos  esses itens são substituíveis. Assim, não será preciso remover a porta para fazer qualquer mudança. Por enquanto, os primeiros modelos serão implantados no bairro Plaza Midwood, na Carolina do Norte.

Imagem: Divulgação/Masonite

Ainda no mercado de casa inteligente, a fabricante Schlage anunciou a primeira fechadura na América da Norte que irá oferecer suporte ao Home Key da Apple. Chamado de Schlage Encode Plus Smart WiFi Deadbolt, ele traz um chip NFC que permite destravar a porta encostando o celular na fechadura.

Ainda recente, a Home Key foi introduzida com o iOS 15, permitindo que o usuário armazene uma chave de porta digital na Apple Wallet. O Home Key tem dois modos de desbloqueio: “Express Mode”, em que não é preciso desbloquear o telefone  e o “Require Face ID or Passcode”, que adiciona uma autenticação por ID Facial ou por senha.

O Home Key também traz uma opção de gerenciar as chaves de acesso no HomeKit. Com isso é possível compartilhar uma ou mais chaves digitais com pessoas diferentes. Assim, cada membro de uma família que faz parte do Apple Home poderá ter a chave adicionada automaticamente na Apple Wallet. 

Imagem: Divulgação/Schlage

Relógios inteligentes

A Garmin apresentou dois novos smartwatches voltados para o condicionamento físico. 

O primeiro relógio anunciado pela empresa é o Venu 2 Plus. Segundo a empresa, ele oferece monitoramento de saúde 24 horas por dia, 7 dias por semana, com frequência cardíaca, sono, oxigênio no sangue, exercícios, entre outros tipos de monitoramento. 

Além dessas funções para a saúde, o relógio também pode mostrar notificações  do telefone e reproduzir música de serviços de streaming, como Spotify e Deezer. Enquanto estiver conectado com o celular, os usuários também poderão atender as chamadas usando a Siri, o Google Assistente ou a Bixby. Com uma carga, o Venu 2 Plus pode durar até nove dias e tem como preço inicial US$ 449.

O segundo smartwatch anunciado é o Vivomove Sport. No geral, ele traz as mesmas funções que o Venu 2 Plus, porém traz um relógio analógico em uma tela menor. 

No entanto, por se tratar de uma versão mais econômica, ele não vem integrado com a tecnologia de voz, mas pode ser usado para responder mensagens de texto em telefones Android. Ele está disponível por US$ 179.

Amazon

Por conta dos avanços da variante Ômicron, a Amazon optou por fazer todos os seus anúncios de forma virtual. Durante a CES 2022, a empresa trouxe novidades de produtos que serão lançados e informações sobre projetos que ainda estão em andamento. 

Em colaboração com a Lockheed Martin e a Cisco, a Amazon trouxe mais detalhes sobre o projeto espacial Artemis I, a primeira missão da NASA que levará uma mulher à Lua.

De acordo com o anúncio, a assistente de voz Alexa se juntará à missão como uma das tecnologias que ajudarão os astronautas durante a viagem. Assim, ela permitirá o acesso a informações e recursos específicos quase que instantaneamente, como dados de telemetria, respostas a perguntas específicas da missão.

A Amazon é um dos nomes que mais têm investido em casas inteligentes. No evento, ela anunciou que  fez uma parceria com a Philips Hue, Resideo e outras empresas para implementar o recursos Commissionable Endpoint para a Alexa. Com esse recurso, será possível adicionar novos dispositivos Alexa como segundos administradores de aparelhos com o selo Matter. 

Com previsão de lançamento para algum momento de 2022, os aparelhos com esse selo poderão ser usados pelos principais assistentes de voz do mercado, como Alexa, Siri e Google Assistente. Assim, os usuários não precisarão se preocupar se um dispositivo funciona somente com a Siri ou a Alexa, por exemplo.

Google

Como a Amazon, o Google também optou por não comparecer na CES 2022. Porém, a empresa usou seu espaço online para trazer algumas novidades planejadas para este ano.

Segundo o Google, o principal objetivo é consolidar a iniciativa “Better Together”, que busca tornar mais fácil o emparelhamento dos dispositivos inteligentes. Chamado de “Fast Pair”, os usuários poderão usar esse recurso para conectar fones de ouvido bluetooth com apenas um clique ou instalar novos dispositivos domésticos inteligentes usando, o ainda não lançado, padrão Matter.

Imagem: Divulgação/Google

Além de novidades para a conexão de dispositivos inteligentes, o Google também está melhorando o uso do Android Auto e Android Automotive.

Para o Android Auto, a empresa está lançando um novo lote de aplicativos para que os motoristas possam se concentrar na estrada. Entre os apps está um rastreador de combustível e quilometragem e outro para o compartilhamento das viagens que foram feitas.

Já o Android Automotive, receberá novos aplicativos para navegação (Sygic e Flitsmeister), carregamento de EV (ChargePoint e PlugShare) e estacionamento (SpotHero e ParkWhiz). Além disso, ele ganhará apps de vídeo como o Youtube, que só poderão ser usados quando o carro estiver estacionado.

Total
7
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
7
Share